Logo Cherto

Quando vale alugar uma franquia?

O que é alugar uma franquia?

Alugar uma franquia, também conhecida como "subfranquia" ou "franquia temporária", é uma modalidade em que um empreendedor pode operar uma unidade de franquia sem adquiri-la permanentemente. Ao invés de comprar a franquia de forma definitiva, o franqueado paga uma taxa de aluguel para operar o negócio por um período determinado, conforme estipulado em um contrato de aluguel. Este modelo oferece várias vantagens e características específicas.

Vantagens do aluguel de franquias!

O aluguel de franquia oferece várias vantagens que tornam essa modalidade de negócio atraente para muitos empreendedores. Uma das principais vantagens é a redução do risco. Com um investimento inicial menor e um compromisso de tempo limitado, os riscos financeiros e operacionais são significativamente reduzidos, permitindo que o franqueado avalie a viabilidade do negócio sem um compromisso de longo prazo. Isso é particularmente útil para aqueles que estão começando no mundo dos negócios ou que desejam experimentar um novo setor.

Além disso, alugar uma franquia permite que o empreendedor teste o mercado local e a demanda pelo produto ou serviço antes de se comprometer com uma compra definitiva. Essa abordagem de "teste antes de comprar" oferece uma visão prática sobre a aceitação do mercado e o desempenho potencial do negócio, ajudando o franqueado a tomar decisões mais informadas sobre o futuro do empreendimento.

franquias em conteiner
capital de giro

Outra vantagem significativa é a experiência operacional que o franqueado pode adquirir. Operar uma franquia alugada proporciona experiência prática na gestão do negócio, beneficiando-se do suporte e da estrutura oferecidos pelo franqueador. Esse suporte contínuo pode incluir treinamento, assistência em marketing e orientação operacional, o que pode ser extremamente valioso, especialmente para novos empreendedores que estão desenvolvendo suas habilidades empresariais.

Operar uma franquia alugada de uma marca estabelecida oferece a vantagem de atrair clientes com base no reconhecimento e na reputação da marca. O poder de uma marca conhecida pode aumentar as chances de sucesso do franqueado, pois os clientes tendem a confiar mais em marcas que já conhecem e respeitam. Essa confiança pode traduzir-se em uma base de clientes mais sólida e em um início de operações mais rápido e eficiente.

Considerações ao Alugar uma Franquia

Antes de decidir alugar uma franquia, é importante realizar uma pesquisa detalhada e consultar profissionais, como advogados e consultores de franquias, para entender completamente os termos e condições do contrato de aluguel. Avalie também o suporte oferecido pelo franqueador e a viabilidade do negócio no mercado local.

Alugar uma franquia pode ser uma excelente maneira de entrar no mundo dos negócios com menos risco e maior suporte. No entanto, como qualquer decisão empresarial, deve ser feita com cuidado e consideração para garantir que se alinhe com seus objetivos e capacidades.

Cherto Consultoria: Sua Parceira no Aluguel de Franquias!

A Cherto Consultoria é uma parceira essencial para empreendedores interessados em alugar franquias. Com vasta experiência e conhecimento no setor, a Cherto oferece serviços abrangentes que facilitam o processo de aluguel de franquias, minimizando riscos financeiros e operacionais.

A consultoria começa com uma análise detalhada do perfil do empreendedor para garantir que a franquia escolhida esteja alinhada com suas habilidades e objetivos. A Cherto também auxilia na seleção da franquia ideal, utilizando seu amplo portfólio e rede de contatos para recomendar opções que atendam aos critérios específicos do cliente.

Além da seleção, a Cherto oferece suporte contínuo durante todo o período de aluguel da franquia, incluindo orientação operacional e estratégias de mercado. Essa abordagem holística garante que os empreendedores estejam bem preparados e apoiados em cada etapa do processo, aumentando as chances de sucesso no mundo das franquias.

Acha um treinamento caro? Não aplicá-lo custa mais ainda

Equipe Cherto

14 Jun 2019

compartilhar

É comum que, ao se depararem com os custos envolvidos em um treinamento para funcionários, muitas empresas optem por soluções mais baratas ou cancelem essa iniciativa. E isso pode ser catastrófico para o negócio, sabia?

Investir em treinamento, por mais alto que esse valor pareça em um momento inicial, ainda vale mais a pena do que manter uma pessoa mal treinada e desatualizada.

Uma das primeiras ações que um negócio precisa adotar ao investir em um treinamento é definir indicadores. Isso porque você precisa medir o retorno que o treinamento pode dar. Há casos em que o retorno ao cliente é algo perceptível e não medido de fato.

Exemplo prático: imagine, por exemplo, que você teve uma diminuição do número de ligações na sua empresa. Os clientes não te procuram mais ou não retornam.

Após uma avaliação foi diagnosticado que o problema está nesse primeiro atendimento, ou seja, é preciso investir em treinamento na recepção.

Feito isso, a forma de avaliar se o treinamento foi eficiente ou não é identificar se número de atendimentos se mantém ou aumenta.

Um bom treinamento utiliza dados tangíveis e pertinentes para mensurar os resultados. Ele permite que sejam confirmados os resultados e que seu investimento valha a pena.

Quanto devo investir em treinamento na minha empresa?

No momento de determinar o planejamento anual da empresa, qual é o percentual que você destina a treinamento?

Se a companhia não leva isso em consideração, essa iniciativa sempre vai gerar um olhar de custo e não de benefício. Isso porque não houve planejamento anterior.

Para se ter ideia da importância do treinamento em todos os níveis, uma pesquisa recente da IBM com 1.500 CEOs indica que grande parte deles prevê um aumento dos níveis de complexidade no mercado, mas apenas 49% se sente preparado para esses desafios.

Outro indicador que deve ser considerado no momento de investir em treinamento é a probabilidade de o colaborador permanecer na empresa por mais tempo. Estudos globais indicam que quem passa por um treinamento eficiente tem três vezes mais chances de ficar na empresa.

Quanto ao valor a ser investido, não existe uma regra e tudo depende do objetivo da empresa, seu tamanho, etc. Entretanto, a quantidade ideal de treinamento é de pelo menos 100 horas/ano – algo raramente feito pelas companhiasque chegam à média de 45 horas/ano.

Uma boa maneira de identificar se o treinamento surtiu efeito é aplicar a avaliação de aprendizado – logo depois e algum tempo depois da iniciativa. Isso, aliás, deve ser uma prática constante nas empresas que fazem uso desse recurso para capacitar seus colaboradores.

Tags

2022 cherto consultoria negócios